Geral Fight debate metodologia do IPAM em Feira
22/11/2017 - 12h44 em NOVIDADES

No programa Geral Fight da última quinta-feira (16) os amantes das artes marciais conheceram sobre a história e a metodologia de trabalho do Instituto Panthers de Artes Marciais (IPAM), que tem como coordenador o mestre Reginaldo Tadeu (faixa preta e 4º Dan de Karatê). No quadro “A Hora da Verdade” o mestre Reginaldo Tadeu destacou a importância de cumprir todos os requisitos para que a academia possa oferecer um serviço de qualidade para atletas e alunos.

“O nosso instituto não visa apenas o lado das competições, ou seja, a parte técnica onde muitos começam e poucos terminam, e sim buscamos está sempre cuidando de melhorar os alunos e atletas como pessoa. Priorizamos o trabalho educativo, ou seja, tudo aquilo que possa melhorar o indivíduo na sua evolução dentro e fora das artes marciais”, disse. 

O carateca Ruan Victor campeão brasileiro e atleta do IPAM, também esteve participando do programa aonde o mesmo falou a respeito da sua crescente dentro do esporte e a motivação depois que o karatê se tornou um esporte olímpico. 

“Antes nós treinávamos apenas visando às competições locais, estaduais e nacionais, porém depois que o karatê passou a ser olímpico trouxe uma motivação maior. Já que agora tem a questão da visibilidade por parte da mídia com as transmissões ao vivo dos principais eventos e isso com certeza trás uma nova oxigenação para o esporte. Particularmente para mim esse foi um dos melhores anos que o karatê me proporcionou com conquistas importantes não só para mim quanto para minha academia e meu município”, ressaltou.

O jiu-jitsu e judô também foram representados com a participação do professor do IPAM, David Torres, que faz um trabalho especial com crianças que estão iniciando na arte suave e no judô. “Lá no instituto trabalhamos com turmas infantil, juvenil e adulto com o objetivo de não só desenvolver a parte técnica do jiu-jitsu e do judô, mas a também a parte filosófica, conceitual, e principalmente a disciplina que é o legal da arte marcial. Com as crianças fazemos um trabalho diferenciado para que elas não sintam o peso da cobrança de ser um grande atleta e sim que elas sintam prazer em praticar a arte marcial. Buscamos também trabalhar a cabeça dos pais para que eles não transfiram para as crianças as responsabilidades de uma realização de um sonho que foram deles lá no passado”, afirmou.

Finalizando o quadro “A Hora de Verdade”, os cravistas Fernando Lacerda e Kleber de Oliveira além do pequeno carateca Luís Fernando Lacerda, 7 anos, falaram das modalidades que praticam e o que elas representam para suas vidas. 

GERAL FIGHT 

Idealizado para ser mais uma ferramenta de valorização e divulgação do esporte feirense, principalmente no que se refere às artes marciais como um todo, o programa Geral Fight, vai ao ar todas as quintas-feiras, ás 19 horas, na Radio Geral. O programa é o principal canal de ligação direta dos atletas, mestres e professores com a comunidade, que com a ajuda do Geral Fight passou cada vez mais a se interessar, conhecer e entender tudo a respeito do mundo da luta. 

De uma forma dinâmica e bem descontraída os apresentadores Sidnei Campos e Jéssica Silva tem conduzido o Geral Fight de uma maneira que todas as pessoas praticantes ou não das artes marciais possam interagir e despertar o interesse em um dos esportes que mais crescer em todo mundo. 

Para acompanhar o programa Geral Fight basta baixar o aplicativo da Rádio Geral no Play Store, se você tem Iphone também pode curtir o programa através do App Radiosnet ou ainda pode ficar conectado através do site da Rádio Geral.

Fotos: Sabrina Pimentel / Rádio Geral

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE